• PlantaConsciência

Plantas de Acácia e Formigas Pseudomyrmex: Um Mutualismo Viciante

Atualizado: 5 de Dez de 2019

Em florestas tropicais da América Central, formigas do gênero Pseudomyrmex atuam como guarda-costas específicos de árvores de Acácia hindsii, defendendo-as da ação de pragas e animais herbívoros. Em troca, a Acácia fornece alimento na forma de néctar extrafloral e abrigo para reprodução das formigas.

Curiosamente o néctar fornecido por estas plantas faz com que as formigas se tornem inteiramente dependentes deste alimento. Isso ocorre porque o néctar contém enzimas invertases que são ausentes no trato digestivo das formigas, o que as impossibilitam de digerir alimentos ricos em sacarose. Desta forma, o néctar modificado produzido pela Acácia se torna o único alimento pré-digerido capaz de ser absorvido pelo organismo das formigas.





Figura 1. O néctar extrafloral da Acácia inibe a invertase em trabalhadores de formigas mutualistas. (a) Nectário extrafloral de A. cornigera. (b) Os trabalhadores de Pseudomyrmex ferrugineus recém-retirados das pupas exibiram maior atividade de invertase do que os trabalhadores mais velhos e a invertase aumentou significativamente em trabalhadores recém-retirados das pupas, quando alimentados com mistura 1: 1 de glicose e sacarose (GS) em vez de apenas glicose.


Notavelmente, as larvas das formigas que eclodem na Acácia exibem maior atividade de invertases, que podem ser ativadas por uma alimentação rica em sacarose. Como estratégia da planta para manter estas formigas por perto, o néctar também contém uma enzima chamada quitinase, que bloqueia a ação da invertase de forma irreversível no trato digestivo das formigas jovens. Após estas formigas se alimentarem deste néctar elas não conseguirão digerir outro alimento que não seja o produzido pela Acácia.

Essa adaptação comportamental faz destes insetos uma verdadeira tropa de defesa para árvores da Acácia, que é reforçada ao nível fenotípico por um mecanismo de feedback negativo exercido pela planta. A medida que as formigas defendem eficientemente seu hospedeiro, mantém a capacidade fotossintética da planta e, consequentemente, a capacidade de produção da única fonte alimentar que as formigas podem ingerir.


Heil M., Barajas-Barron A., Orona-Tamayo D., Wielsch N., Svatos A. Partner manipulation stabilises a horizontally transmitted mutualim. Ecology Letters, v.17, p. 185-192, 2014.


Link do video postado pela National Geographic mostrando a proteção que as formigas exercem em arvores de Acácia: https://video.nationalgeographic.com/video/00000144-0a1c-d3cb-a96c-7b1defb30000#facebook



Texto escrito por Fábia Barbosa da Silva

374 visualizações
 

Formulário de Inscrição

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

©2019 por PlantaconsCiência. Orgulhosamente criado com Wix.com